24/03/2021 09:23

Palestra nesta sexta-feira (26/3) sobre representatividade institucional feminina integra programação do Mês da Mulher no TRT-RS

Início do corpo da notícia.

2021.03.24 - Ejud 600p.pngNesta sexta-feira (26/3), das 10h às 12h, a palestra "Representatividade basta? Mulheres na magistratura e na Assembleia Nacional Constituinte” dará seguimento à programação do Mês da Mulher na Escola Judicial (EJud4) do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS). A transmissão do evento será pelo canal de YouTube da EJud4, onde a gravação ficará disponível posteriormente. A atividade é aberta e não tem limite de participantes. A duração é de duas horas-aula. 

Participarão da palestra a professora Fabiana Severi, da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (instituição vinculada à Universidade de São Paulo), a juíza Karen Luise Vilanova Batista de Souza, do Tribunal de Justiça gaúcho, e a juíza Patrícia Maeda, do TRT15 (Campinas). A mediação ficará a cargo da juíza Gabriela Lenz de Lacerda, coordenadora do Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT-RS, grupo que promove o Mês da Mulher, juntamente à Comissão de Direitos Humanos e Trabalho Decente e à EJud4.

A atividade proporá uma análise sobre o papel desempenhado pelas mulheres em espaços de poder institucional, especialmente na Assembleia Nacional Constituinte e na magistratura. Resgatando a trajetória feminina de ontem e hoje em cargos tradicionalmente destinados a homens, a intenção é refletir sobre as dificuldades enfrentadas, as contribuições dadas e os caminhos possíveis para a construção de uma sociedade pautada pela equidade de gênero.  

Certificação

Magistrados e servidores do TRT-RS devem realizar sua inscrição na página do evento na EJud4 On-line, espaço que reúne as demais informações sobre a capacitação e por onde os inscritos deverão acessar a transmissão da palestra. Lá estará disponível, por dez dias após a palestra, a avaliação de aprendizagem, cujo preenchimento é requisito para a certificação da carga horária (válida para todos cargos de servidores).

Quanto aos magistrados e servidores de outros TRTs, é indispensável o preenchimento de formulário de presença, cujo atalho ficará disponível somente durante a transmissão. A EJud4 remeterá a relação de participantes às respectivas Escolas Judiciais, que decidem sobre a eventual certificação. Para os demais integrantes do público, não haverá certificação.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Texto de Inácio do Canto - Secom/TRT-RS, arte de Karin Kazmierczak - EJud4
Tags que marcam a notícia:
serviçocapacitaçãoescola judicial
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista