Imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

23/09/2022 13:09

Primeiro dia do 32º Coleouv destaca a importância das ouvidorias para o cidadão

Início do corpo da notícia.

Ouvidores(as) e vice-ouvidores(as) posam para a foto no evento.A 32ª edição do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho (Coleouv) teve início na quarta-feira (21/9), na sede da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE), e se encerrou nesta sexta-feira (23/9). O encontro tem como objetivo discutir práticas adotadas nas ouvidorias da Justiça do Trabalho e difundir a importância da sua existência para todo o país. A cerimônia teve transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da EJud-6 e tradução simultânea de Libras.

Acesse o álbum de fotos.

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) foi representado  pelos desembargadores Clóvis Fernando Schuch Santos (ouvidor) e Maria Madalena Telesca (vice-ouvidora), acompanhados do servidor da Ouvidora Ramiro Santana Moreno Lopez. O ouvidor do TRT-4 é o vice-presidente do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho para a gestão 2021-2022. E a vice-ouvidora é a secretária.

A solenidade foi iniciada pela vice-presidente do TRT-6, desembargadora Nise Pedroso Lins, que deu as boas-vindas aos presentes e falou sobre a alegria de receber o evento. Ela compôs a mesa junto com o ouvidor do TRT-11 e presidente do Coleouv, desembargador David Alves de Mello Júnior; o ouvidor do TRT-6, desembargador Fábio Farias; o ouvidor do TRT-4 e vice-presidente do Coleouv, desembargador Clóvis Fernando Schuch Santos; a vice-ouvidora do TRT-6, desembargadora Socorro Emerenciano; a vice-ouvidora do TRT-4 e secretária do Coleouv, Maria Madalena Telesca; a ouvidora do MPT-6, procuradora Débora Tito; o ouvidor do TJPE, desembargador Francisco Eduardo Gonçalves Sertório Canto; a ouvidora-geral da OAB-PE, Maria Catarina Barreto de Almeida Vasconcelos; e a presidente da Amatra VI, juíza Laura Botelho. Em suas falas, todos destacaram a importância das ouvidorias para o cidadão e do evento para a melhoria do serviço prestado.

Além de uma apresentação musical da Orquestra de Câmara do Alto da Mina, o evento prestou uma homenagem à desembargadora Eneida Melo, ex-ouvidora do TRT-6 que irá se aposentar em 2023. Temas como gestão estratégica nas ouvidorias, os sistemas Proad-Ouv/Sei e a sua importância para as ouvidorias foram tratados no primeiro dia de programação, que segue até a sexta-feira (23/9). Nos três dias de atividades, estarão presentes também a ministra ouvidora do TST e do CSJT, Maria Helena Mallmann; além de desembargadores dos demais Regionais do Trabalho e representantes das Ouvidorias da Justiça do Trabalho; da Justiça Federal, do TJPE e do Governo de Pernambuco.

Coleouv

O Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho, criado no 4º Encontro Nacional das Ouvidorias da Justiça do Trabalho, na cidade de Porto Alegre, é uma sociedade civil, de âmbito nacional, sem fins lucrativos. Ele é composto pelos membros dos Tribunais Regionais do Trabalho que estiverem exercendo os cargos de Ouvidores. O seu objetivo é contribuir para elevar continuamente os padrões de transparência, presteza e segurança das atividades dos Ouvidores da Justiça do Trabalho, criando uma entidade de classe mais unida e em prol de melhorias em sua atuação.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Texto e imagens do TRT-6.
Tags que marcam a notícia:
institucional.
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mão branca segurando três formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho Criança desenhando arcos verde e amarelos em fundo cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem Texto branco sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto também laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execução TRABALHISTA Mão branca com polegar riste sobre círculo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliação Trabalhista