imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

25/06/2022 13:06

Cesar Zucatti Pritsch e Max Carrion Brueckner tomam posse como juízes titulares de Vara do Trabalho no TRT-4

Início do corpo da notícia.
Cesar Zucatti Pritsch e Max Carrion Brueckner
Cesar Zucatti Pritsch e Max Carrion Brueckner

Os magistrados Cesar Zucatti Pritsch e Max Carrion Brueckner foram empossados, na tarde desta sexta-feira (24/6), nos cargos de juízes titulares de Varas do Trabalho. A solenidade ocorreu no Salão Nobre do TRT-4 e contou com a presença de desembargadores, juízes, servidores e familiares. Ambos foram promovidos em sessão do Pleno do Tribunal realizada na segunda-feira (20/6). Pelo critério de merecimento, o juiz Cesar Zucatti Pritsch assumiu a titularidade da Vara do Trabalho de Frederico Westphalen. Por antiguidade, o juiz Max Carrion Brueckner é o novo juiz titular da Vara do Trabalho de Palmeira das Missões.

Acesse o álbum de fotos da solenidade.

Natural de Porto Alegre, Cesar Zucatti Pritsch ingressou na magistratura trabalhista da 4ª Região em 5 de setembro de 2007. Desde outubro de 2012, vinha atuando como juiz substituto lotado na 3ª Vara do Trabalho de Canoas. Na solenidade, o magistrado agradeceu pelo apoio da família, revelado desde a fase de estudos para o concurso da magistratura, e também depois da aprovação, durante o exercício da profissão. O juiz agradeceu igualmente aos servidores e magistrados com os quais conviveu até aqui e destacou a qualidade e a objetividade da norma de promoções de juízes elaborada pela Administração do TRT-4 em conjunto com a Amatra IV. "É uma das melhores do país", ressaltou. "Destaco também a dinâmica da profissão, que faz com que um magistrado circule por diversas comarcas e recolha boas práticas de trabalho em cada comunidade e vá espalhando essas sementes por onde passa. Isso é importante para a continuidade e unidade da instituição", avaliou.

Nascido também na Capital gaúcha, o juiz Max Carrion Brueckner ingressou no TRT-4 em 3 de novembro de 1998, como servidor.  Tomou posse como juiz do Trabalho igualmente em 5 de setembro de 2007. Atuou como juiz lotado na 1ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul (2011-2012), na 6ª VT de Porto Alegre (2013-2017) e na 5ª VT da Capital (2017 até hoje). Em seu discurso de posse, o magistrado também fez agradecimentos à sua família e aos servidores que o acompanharam até aqui. O juiz chamou atenção para o fato de que muitas colegas magistradas não se candidatam às promoções, possivelmente por um contexto específico experimentado pelas mulheres no mercado de trabalho. "Sem que isso seja uma crítica, gostaria de pedir à Administração que atentasse para essa constatação", salientou.

O presidente do TRT-4, desembargador Francisco Rossal de Araújo, parabenizou os agora juízes titulares e desejou sorte na nova fase da carreira. O magistrado também colocou a Administração do Tribunal à disposição para o que os magistrados precisarem.

Também prestigiaram a solenidade o vice-presidente do TRT-4, desembargador Ricardo Martins Costa, o corregedor regional, desembargador Raul Zoratto Sanvicente, a vice-corregedora, desembargadora Laís Helena Jaeger Nicotti, o vice-diretor da Escola Judicial, desembargador Fabiano Holz Beserra, a coordenadora dos Cejuscs de 1º e 2º graus, juíza Aline Doral Stefani Fagundes, o vice-presidente da Amatra IV, juiz Marcio Lima do Amaral e o presidente da Associação Gaúcha dos Advogados Trabalhistas, advogado Felipe Carmona.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: (Secom/TRT4) Texto: Juliano Machado dos Santos. Fotos: Carlos Eduardo Rodrigues e Érico Ramos
Tags que marcam a notícia:
insitucional
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista