imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

29/06/2022 17:18

Seminário estadual do Fepeti em Venâncio Aires abordou trabalho infantil e aprendizagem

Início do corpo da notícia.

Foto posada dos participantes. Eles estão perfilados e seguram um catavento, símbolo da campanha contra o trabalho infantil.As palestras e debates sobre a erradicação do trabalho infantil e aprendizagem profissional para jovens aconteceram no dia 8 de junho, em Venâncio Aires, na região central do estado. A gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, juíza do Trabalho Carolina Hostyn Gralha, representou o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS).  Os juízes do Trabalho de Santa Cruz do Sul Diogo Guerra e Almiro Eduardo de Almeida também estiveram presentes.

Acesse aqui o álbum de fotos do evento. 

A juíza Carolina deu boas-vindas ao público e ratificou a obrigação da sociedade de combater o Trabalho Infantil. Para a magistrada, esta é uma dolorosa realidade do país, um problema complexo, causado por diversos fatores socioeconômicos e que não tem uma solução fácil. Ela enfatizou que o seminário promovido com o apoio do Tribunal demonstra claramente a necessidade de fortalecimento da rede de atuação que atende crianças e adolescentes explorados.

Juíza Carolina Gralha. É branca de cabelo liso castanho comprido, usa casaco de couro escuro, óculos de armação escura e está de pé falando ao microfone
Juíza Carolina Gralha

“Não basta retirarmos aquele jovem da condição de trabalho infantil e não lhe dar alternativas, pois ele invariavelmente retornará àquela situação. Temos que investir em opções para que as crianças e os adolescentes tenham reais oportunidades de crescimento, de acordo com seu desenvolvimento físico e emocional, como a aprendizagem profissional que garante a sua presença na escola, sua adequada formação e a tão necessária renda”, comentou a juíza.

O Seminário teve a participação de representantes de diversos municípios, produtores de tabaco, empresas que mantêm programas de aprendizagem e autoridades do Ministério Público, Ministério do Trabalho e Previdência, Superintendência Regional do Trabalho e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS). A programação cultural contou com a Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul e aprendizes da Fundação Pão dos Pobres, com a apresentação do clipe “Lugar de Criança é na Infância”, e teatro do Centro Social Marista Irmão Bertolini de Porto Alegre.

Eventos semelhantes já aconteceram em Porto Alegre, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e Rivera, promovendo a integração Brasil-Uruguai. O Seminário foi realizado pelo Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti) e pelo Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional (Fogap). 

Foto  do público no evento, sentados nas cadeiras em um amplo salão. No canto direito aparece a orquestra de jovens artistas.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: texto de Sâmia Garcia, fotos do Fepeti
Tags que marcam a notícia:
horizonte
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista