imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

27/06/2022 10:25

Rede Colaborativa de Direitos Humanos entrega sugestões de boas práticas ao TRT-4

Início do corpo da notícia.
Mariana, Camila, Enrico, Rossal e Lisane
Mariana, Camila, Enrico, Rossal e Lisane

Representantes da Rede Colaborativa de Direitos Humanos apresentaram nesta sexta-feira (24), ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, sugestões de boas práticas institucionais relacionadas ao tema.  A Rede é uma iniciativa que reúne órgãos do Poder Judiciário e Ministério Público voltada à promoção dos Direitos Humanos. 

O grupo foi recebido pelo presidente do TRT-4, desembargador Francisco Rossal de Araújo, no Salão Nobre. Estiveram presentes a juíza do Trabalho Mariana Piccoli Lerina, coordenadora do Comitê de Equidade do TRT-4; o procurador Enrico Rodrigues de Freitas, do Ministério Público Federal (MPF); e as servidoras Lisane Berlato (MPF) e Camila Pastori (Justiça Federal).

Os visitantes entregaram ao presidente do TRT-4 um relatório com 18 sugestões de boas práticas.  Essas iniciativas foram eleitas em um seminário do grupo, realizado em dezembro de 2021. Quatro delas são consideradas pela Rede as de maior destaque:

“Maria vai com as suas?” (MPF/RS): território de educação em direitos humanos, destinado a cerca de 50 mulheres trabalhadoras de setores de higienização e limpeza do Ministério Público Federal no RS.

Projeto Caféderal (JF/RS): projeto de atenção aos estagiários que estavam trabalhando nas unidades judiciárias e administrativas, mas sem a possibilidade de contato presencial. São promovidos encontros virtuais.

Projeto Conversas Necessárias (JF/RS): por meio de círculos de construção de paz, projeto busca iniciar possíveis diálogos no contexto de direitos humanos, voltados à consciência da discriminação, racismo e outros tipos de violência estrutural, conectando os servidores à conscientização do seu papel na sociedade.

Campanhas contra o Capacitismo (Defensoria Pública do Estado do RS): campanhas em redes sociais com objetivo de perceber as pessoas com deficiência sem preconceitos, estereótipos e discriminações.  Buscou-se refletir sobre as formas de preconceito contra pessoas com deficiência, a partir de exemplos de atitudes cotidianas que perpetuam a cultura capacitista em nossa sociedade.

A Política de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT-4 também integra o relatório de boas práticas. O presidente Francisco Rossal elogiou as iniciativas e, juntamente com a juíza Mariana, colocou o Comitê de Equidade à disposição para colaborar na difusão dos projetos. Os magistrados do TRT-4 também convidaram os órgãos parceiros da Rede a colaborarem na divulgação de uma campanha de combate ao racismo nas relações de trabalho, em desenvolvimento pelo Tribunal.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Gabriel Borges Fortes (Secom/TRT4)
Tags que marcam a notícia:
Horizonteequidade
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista