23/10/2020 11:05

Livro “Para educar crianças feministas” é tema do Círculo de Leitura do TRT4 na próxima segunda (26). Evento aberto ao público.

Início do corpo da notícia.

Card26-10 SITE.jpgEm uma promoção da Escola Judicial (Ejud4) e do Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT-RS, o quinto encontro do Círculo de Leitura do TRT4 vai discutir o livro “Para educar crianças feministas”, de Chimamanda Ngozi Adichie. A roda de conversa será na próxima segunda-feira (26), com transmissão ao vivo pelo canal da Ejud4 no YouTube, das 16h às 18h.  As debatedoras serão Ana Cristina Anjos e Karine Miranda Campos. 

As inscrições para magistrados e servidores do TRT-RS seguem abertas até a hora do evento, por meio deste link.  O evento também é aberto a magistrados e servidores de outros TRTS e ao público externo, sem necessidade de inscrição prévia, nem limite de participantes.

O livro foi escrito como uma carta da autora em resposta a uma amiga que acabara de se tornar mãe de uma menina e a questionou sobre como educar a filha como feminista.  São quinze partes - sugestões – com conselhos simples e práticos para oferecer uma formação igualitária a todas as crianças, razão pela qual a obra se destina a homens e mulheres, pais de meninos e meninas. Há reflexões sobre nossos paradigmas, costumes e imposições sociais, que mostram os caminhos possíveis na preparação dos filhos para o mundo e para a construção de uma sociedade mais justa.

Magistrados e servidores do TRT-RS já inscritos terão acesso ao evento pelo ambiente do Círculo de Leitura, na Ejud4 On-Line. Para o público externo e integrantes de outros TRTs, o acesso será diretamente  no canal da Ejud4 no Youtube (Escola Judicial TRT4 - Núcleo de EaD).

Para registrar a presença, os participantes  vinculados aos Tribunais Regionais do Trabalho deverão preencher um  formulário Google, cujo link ficará disponível somente durante a transmissão.  Os integrantes do TRT-RS já inscritos terão acesso à avaliação de aprendizagem no próprio ambiente do Círculo de Leitura. A EJud4 enviará aos demais TRTs a lista das presenças registradas. A certificação ou não da atividade ficará a critério de cada Regional. Para o público externo não haverá certificação.

Após o encerramento da transmissão, a gravação ficará disponível no canal do YouTube da Escola Judicial.  

As debatedoras

Ana Cristina Anjos, possui graduação e especialização em Letras (Gestão Escolar - Educação Indigena);

Karine Miranda Campos, Mestre em Letras (Linguagem, Interação e Processo de Aprendizagem / Especialidade Linguagem, Discurso e Sociedade).

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom/TRT4
Tags que marcam a notícia:
escola judicial
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista