18/11/2019 13:04

Assédio e segurança no trabalho foram temas de evento em Caxias do Sul

Início da galeria de imagens.
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Evento em Caxias do Sul
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

O Programa Trabalho Seguro promoveu o evento “Violência no Trabalho: enfrentamento e superação”, nesta quarta-feira (13/11), em Caxias do Sul. A atividade debateu questões relacionados a assédio moral e sexual, e as recentes alterações nas normas regulamentadoras sobre saúde e segurança no trabalho. O evento ocorreu no Teatro da Universidade de Caxias do Sul (UCS), com um plateia formada por advogados, estudantes, representantes de empresas, trabalhadores, técnicos em segurança do trabalho, engenheiros, médicos e cidadãos em geral interessados pelo tema. 

Na abertura do evento, a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), desembargadora Vania Cunha Mattos, comentou as mudanças que vêm ocorrendo no mundo do trabalho e lamentou os ataques sofridos pelo Judiciário Trabalhista. “O trabalho deve ser fonte de dignidade para o ser humano, e não de morte ou mutilações. No entanto, temos ainda visível na memória a tragédia de Brumadinho, suas centenas de mortes, e as rápidas indenizações, frutos da atuação eficiente de nosso colegas juízes do Trabalho de Minas Gerais. São respostas mais do que evidentes da indispensabilidade e permanência da Justiça do Trabalho”, observou. 

A presidente também comentou estatísticas que demonstram a gravidade do problema dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais no Brasil. Entre elas, citou alguns números do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, do Ministério Público do Trabalho, destacando que a cada 48 segundos um trabalhador brasileiro se acidenta, e que, de 2012 a 2018, foram registrados 4,26 milhões de acidentes de trabalho no país. A magistrada acrescentou que o mundo do trabalho está cada vez mais complexo, e que o debate é essencial para a compreensão e o enfrentamento das novas ameaças à saúde, como o aumento significativo de transtornos mentais associados ao trabalho. “É indispensável que o trabalho seja fonte de realização pessoal e profissional, que as expectativas das pessoas sejam cumpridas, que a solidariedade seja a tônica de toda essa complexa relação entre o capital e o trabalho, e que as pessoas mantenham a esperança”, declarou. Leia aqui o discurso na íntegra.

A seguir, o juiz Marcelo Porto, titular da 6ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul e gestor regional do Programa Trabalho Seguro, ressaltou a importância da realização de um evento sobre esse tema. O magistrado elogiou a participação dos diversos segmentos da sociedade nos debates, incluindo representantes de sindicatos patronais e de trabalhadores, e as mais de 650 inscrições realizadas. “Isso demonstra o respeito à coletividade e o desejo de compartilhar não só informações, mas também conhecimento, para que todos consigam ter senso crítico, debater e analisar qual é o melhor caminho a seguir”, afirmou. 

Após a solenidade de abertura das atividades, a desembargadora Vania Cunha Mattos foi homenageada pelos juízes e servidores do Foro Trabalhista de Caxias do Sul. A programação completa do evento contou com cinco palestras e um espaço para debates. As duas primeiras apresentações abordaram as mudanças nas normas regulamentadoras. Na sequência, três palestras falaram sobre o assédio moral e sexual, sob diferentes pontos de vista: a visão do empregador, a visão do trabalhador e os impactos na saúde mental das vítimas. 

Também participaram da mesa de abertura, o secretário de Segurança Pública e Proteção Social de Caxias do Sul, tenente-coronel Ederson de Albuquerque Cunha, o presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, vereador Renato de Oliveira, o procurador-chefe substituto do Ministério Público do Trabalho no RS, procurador-regional do Trabalho Vitor Hugo Laitano, o gerente da Gerência Regional do Trabalho em Caxias do Sul, auditor-fiscal do Trabalho Vanius João de Araújo Corte, o presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil de Caxias do Sul, Rudimar Luis Brogliato, o reitor da UCS, Evaldo Antonio Kuiava, o comandante do 3º Grupo de Artilharia Antiaérea de Caxias do Sul, coronel Leandro Fernandes Moraes, o diretor do Centro de Indústrias do Estado do RS e vice-coordenador do Conselho de Relações do Trabalho da Federação das Indústrias do Estado do RS, Guilherme Scozziero, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Caxias do Sul, Assis Flávio da Silva Melo, o vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho, Orlando Marin, o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul, Paulo Antônio Spanholi, e o diretor jurídico da Câmara da Indústria e Comércio, Rodrigo Isolan. 

Programa Trabalho Seguro

O Programa Trabalho Seguro é uma iniciativa nacional do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e do Tribunal Superior do Trabalho. No Rio Grande do Sul, é desenvolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS). Seu principal objetivo é realizar campanhas, ações e eventos que promovam a conscientização e a cultura da prevenção, com vistas a contribuir para a diminuição do número de acidentes de trabalho no Brasil. Para isso, o programa busca articulação com instituições públicas federais, estaduais e municipais, além de aproximação a atores da sociedade civil, como entidades representantes de empregadores e empregados, assim como instituições de pesquisa e ensino.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: texto de Secom/TRT-RS e fotos de Inácio do Canto (Secom/TRT-RS)
Tags que marcam a notícia:
horizontetrabalho seguro
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Capacete branco sob texto tambem em branco: Trabalho Seguro Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista