18/09/2019 16:28

Comunidade Jurídico-Trabalhista do Projeto Pescar realiza oficina em Eproc

Início da galeria de imagens.
Imagem dos alunos durante a oficina.
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

Os alunos da Comunidade Jurídico-Trabalhista do Projeto Pescar recebem, além da formação no Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe), aulas de capacitação no Eproc – sistema de processo digital usado na Justiça Federal da 4ª Região (TRF-4). Uma oficina sobre o tema foi recentemente conduzida para a turma da Escola Superior de Advocacia (ESA) pelo membro da Comissão de Direito da Tecnologia e Inovação da OAB/RS (CDTI), Fabrício Hoepers.

A oficina buscou capacitar os alunos no sistema eletrônico, ampliando seus conhecimentos no que diz respeito ao dia a dia do sistema jurídico. Hoepers conta que já conhecia o projeto, mas que, até o momento, não havia tido chance de participar como voluntário. “Uma vez que o sistema Eproc passa também a ser utilizado na Justiça Estadual, é de grande importância para estes jovens que almejam alcançar oportunidades de trabalho ou iniciar cursos na área jurídica que tenham conhecimento de como se dá o funcionamento da plataforma”, afirmou.

A Comunidade Jurídico-Trabalhista é formada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Sul, a Seção Gaúcha da Ordem dos Advogados (OAB-RS), a Caixa de Assistência dos Advogados do Estado e a ESA, além da Fundação Projeto Pescar. A Comunidade conta com duas turmas em funcionamento, uma que oferece aulas na ESA e outra com curso ministrado nas instalações do TRT-RS.

Como ajudar

Não é preciso ser um voluntário para apoiar os alunos do Pescar. Uma colaboração importante é a indicação dos alunos para processos seletivos, de modo a aumentar suas chances de entrar no mercado de trabalho. Caso saiba de alguma vaga em aberto, os currículos dos alunos disponíveis podem ser encontrados na página http://bit.ly/projetopescarrs. Também é possível entrar em contato com o educador responsável, André Cintra, pelo e-mail projetopescar@trt4.jus.br, ou acessar mais informações na página da unidade para ver outras maneiras de contribuir.

A parceria que o Pescar mantém com empresas e organizações já proporcionou a formação de mais de 30 mil jovens e o atendimento anual de cerca de 2 mil adolescentes em todo o Brasil. O projeto pedagógico das aulas está baseado na participação de voluntários, visando ao desenvolvimento de competências pessoais e habilidades profissionais.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Texto e fotos: Niége Moreira (OAB/RS – com alterações)
Tags que marcam a notícia:
horizonte
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista