Ir para conteúdo Ir para menu principal Ir para busca no portal
Logotipo TRT4

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região

Rio Grande do Sul

Informações ao Cidadão
05/11/2018 23:35 compartilhe:

Exposição “Uma Raiz, Vários Olhares” marca abertura do mês da consciência negra no TRT-RS

Início da galeria de imagens.
Foto posada com os artistas, organizadores, público e autoridades
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

A mostra “Uma Raiz, Vários Olhares”, inaugurada nesta segunda-feira (5/11), reúne obras de sete artistas negros que contribuem, com suas visões individuais, para resgatar e valorizar a cultura afro-brasileira. A exposição é o primeiro de cinco eventos programados no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) para o mês de novembro, em que se celebra a consciência negra. A visitação das obras pode ser feita até 16 de novembro (de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h), no Espaço Cultural Lenir Heinen, no Foro Trabalhista de Porto Alegre (Av. Praia de Belas, n.º 1432).

Acesse as fotos do evento.

Sob a curadoria do pintor Ney Ortiz, a mostra inclui pinturas e fotografias de estilos diferentes, com referências à identidade e ao imaginário da população negra. “Quando se fala de cultura e igualdade social, temos de caminhar juntos. O olhar do artista tem esse poder”, destacou, na abertura da exposição. Além de obras suas, há trabalhos de Francisco Carlos Pereira, Luis Pedro Fraga, Gerson Santos, Paulo Correa, Paulo Correa Júnior e Verinha Russo.

A presidente do TRT-RS, desembargadora Vania Cunha Mattos, aproveitou sua fala para lembrar a dívida histórica do país com a população negra e o preconceito velado que ainda afeta os descendentes dos escravos trazidos ao Brasil contra sua vontade. “Essa exposição tem a conotação de preservar os valores da raça e da consciência negra”, afirmou. “São obras que acrescentam, que retratam a singularidade e a vivência do artista, expostas em um espaço por onde passam mais de cinco mil pessoas por dia”, celebra.

A coordenadora do Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade, juíza Raquel Nenê Santos, enfatizou a importância do mês de novembro, especialmente do dia 20, para fortalecer referências históricas e mitos associados à identidade negra. Ela lembrou a importante contribuição do poeta e pensador negro Oliveira Silveira, que propôs a data em homenagem a Zumbi dos Palmares, como parte de um processo de afirmação da consciência política da população negra. A magistrada foi seguida pela servidora Gladis Carita Marques: “Tenho quase trinta anos de casa e nos últimos anos me sinto extremamente feliz e contemplada em ver a instituição em que eu trabalho abrir esse tipo de espaço para nossa cultura e nosso desenvolvimento, abrindo novos horizontes para a negritude”, concluiu.

Ao todo, serão realizadas três exposições, uma apresentação teatral e um encontro voltado para discutir a situação dos servidores negros na Justiça do Trabalho gaúcha. Confira, abaixo, a programação completa do mês:

Exposição “Uma Raiz, Vários Olhares”

  • Inauguração: 5 de novembro, às 17h.
  • Local: Espaço Cultural Lenir Heinen, no Foro Trabalhista de Porto Alegre (Av. Praia de Belas, nº 1432).
  • Visitação: 5 a 16 de novembro (de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h)
  • Descrição: Exposição de pinturas e fotografias de sete artistas negros: Francisco Carlos Pereira, Ney Ortiz, Luis Pedro Fraga, Gerson Santos, Paulo Correa, Paulo Correa Júnior e Verinha Russo.
  • Promoção: Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT4 e Coletivo Negros do TRT4.

Exposição “Poéticas do Trabalho”

  • Inauguração: 6 de novembro, às 17h. O evento também terá a apresentação do Rap “Quebrando as Correntes”, do rapper Maxwell dos Santos, ganhador do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2018.
  • Local: Saguão do TRT-RS (Av. Praia de Belas, n º 1.100)
  • Visitação: 5 a 30 de novembro (de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h)
  • Descrição: Exposição de 20 obras do pintor gaúcho Carlos Alberto de Oliveira, o Carlão, falecido em 2013. Os quadros ressaltam a importância do povo negro na história do Rio Grande do Sul, trazendo marcas da cultura popular e da vida cotidiana. A curadoria é de Eduardo Veras e Ezequiel Oliveira, filho do pintor.
  • Promoção: Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT4 e UFRGS

1º Encontro de Servidores Negros TRT4

  • Data: 8 de novembro, às 9h
  • Local: Auditório Ruy Cirne Lima, no Foro Trabalhista de Porto Alegre (Av. Praia de Belas, nº 1432, Prédio 3)
  • Descrição: Palestras sobre temas relativos ao racismo, ao fortalecimento do Judiciário Trabalhista e ao combate às discriminações nos ambientes de trabalho e na sociedade de forma geral. O objetivo é oferecer um espaço para aprendizagem e troca de experiências e vivências, visando a dar subsídios ao debate institucional de combate ao racismo e a todas as formas de discriminação na sociedade. O evento será aberto a todos os integrantes da Justiça do Trabalho ou de outros ramos do Poder Judiciário que se interessem pelos temas debatidos. A programação definitiva, a forma de inscrição e outras informações sobre o evento serão divulgadas nos próximos dias.
  • Promoção: Escola Judicial, Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade e Coletivo Negros TRT4

Peça teatral “Qual a diferença entre o charme e o funk?”, do Grupo Pretagô

  • Data: 20 de novembro, às 17h30
  • Local: Auditório Ruy Cirne Lima, no Foro Trabalhista de Porto Alegre (Av. Praia de Belas, nº 1432, Prédio 3)
  • Descrição: A peça é um trabalho sensorial inspirado na arqueologia pessoal dos sete atores negros criadores, na qual o exercício da memória, em busca de relíquias de si, se fez presente para dar corpo ao espetáculo. É um resgate daquilo que está dentro de cada um, daquilo que faz ser: identidades. É a dança entre o jovem negro e suas lembranças.
  • Promoção: Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT4 e Coletivo Negro TRT4.

Exposição fotográfica “Orgulho Negro”

  • Inauguração: 28 de novembro, às 11h. Na ocasião, dois painelistas da Etnia Afro de Santa Rosa debaterão a questão do racismo, um dos flagelos que assola nossa sociedade e que deve ser compreendido como fruto de um processo sócio-histórico desigual e discriminatório. Também será lançada, no evento, a cartilha “Vamos Falar sobre o Racismo”.
  • Local: Foro Trabalhista de Santa Rosa (Rua Santos Dumont, nº 496)
  • Visitação: 28 de novembro a 12 de dezembro (de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h)
  • Descrição: Fotografias de oito fotógrafos negros gaúchos: Paulo Corrêa, Leandro Machado, Nílveo Pereira Christiano, Luís Pedro Fraga, Marcos Pereira Feijão, Cíntia Rodrigues, Andrea Bogado e Irene Santos.
  • Promoção: Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT4 e Coletivo Negro TRT4.
Fim do corpo da notícia.
Fonte: Texto de Álvaro Strube, fotos de Inácio do Canto - Secom/TRT-RS
Tags que marcam a notícia:
cultura
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias