Ir para conteúdo Ir para menu principal Ir para busca no portal
Logotipo TRT4

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região

Rio Grande do Sul

Informações ao Cidadão
06/12/2017 13:37 compartilhe:

Lei de Alienação Parental e violência contra a mulher foram temas de debate na Escola Judicial

Início da galeria de imagens.
Fotografia mostra grupo de mulheres posando em frente ao palco do Auditório Ruy Cirne Lima da Escola Judicial do TRT-RS
Fotografia mostra a servidora Alessandra Andrade, que foi uma das painelistas, durante sua fala
A servidora Alessandra Andrade foi uma das painelistas
Fotografia mostra plateia e painelistas sentadas em poltronas no palco do auditório ao fundo
Evento aconteceu no Auditório Ruy Cirne Lima da Escola Judicial do TRT-RS
Fotografia mostra as seis painelistas sentadas em poltronas no palco do auditório
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) foi palco do conjunto de debates “A nova forma de violência contra a mulher: alienação parental”. O evento propôs a reflexão sobre as inúmeras denúncias de violência de gênero e violação de direitos de mulheres e crianças devido ao mau uso da Lei nº 12.318/10 (Lei de Alienação Parental). Também foi discutida a efetiva proteção e garantia de direitos de crianças e adolescentes diante da violência doméstica/intrafamiliar.

As servidoras Alessandra Andrade e Alessandra Krause, integrantes do Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade da TRT-RS, foram painelistas do diálogo e falaram sobre a perspectiva das vítimas e as políticas institucionais ligadas ao tema.

O evento foi organizado pelo Coletivo de Proteção à Infância Voz Materna em parceria com o Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do TRT da 4ª Região, a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da AL-RS, o Comitê Latino-Americano e do Caribe para Defesa dos Direitos da Mulher, o Coletivo Feminino Plural e a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa. O diálogo contribui para a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra Mulher”, mobilização anual e simultânea em cerca de 160 países, iniciada no dia 20 de novembro até 10 de dezembro.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom TRT-RS
Tags que marcam a notícia:
Escola Judicialequidadegênero
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias