imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe
15/09/2021 20:16

Participe do Fórum em Defesa da Inclusão, Acessibilidade e Não Discriminação das Pessoas com Deficiência! Inscrições até a próxima segunda (20).

Início do corpo da notícia.

fórum inclusão SITE.jpgO evento acontece entre os dias 21 e 30 de setembro. Realizado a cada dois anos, o Fórum promove o debate e a busca soluções para temas atuais relacionados à acessibilidade e inclusão das pessoas com deficiência (PCDs) no Tribunal.  Além disso, estimula a integração entre servidores e gestores, a melhoria contínua das rotinas de trabalho e a disseminação de boas práticas de acolhimento de PCDs nas unidades.  

Há 250 vagas para integrantes do TRT-RS e outras 250 para o público externo. Inscreva-se aqui.  A promoção é da Escola Judicial (EJud4), do Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade e do Comitê Gestor Local de Atenção Integral à Saúde, Acessibilidade e Inclusão, com apoio da Comissão de Direitos Humanos e Trabalho Decente.  A programação foi construída pelos Comitês, após consulta aos magistrados e servidores acerca do que consideravam relevante sobre o assunto.

Confira o cronograma de atividades:

21/09 (Terça-feira): Deficiêcia e Capacitismo

16h às 18h – Canal da EJud4 no Youtube

Deficiência: aspectos históricos. Paradigmas sociais aplicados às pessoas com deficiência ao longo do tempo e suas implicações. Evolução do conceito: da limitação exclusivamente individual à deficiência como resultado da interação com barreiras sociais. Capacitismo: discriminação das pessoas com deficiência. Construção do conceito ao longo do tempo. As diferentes manifestações do capacitismo e suas implicações na vida das pessoas com deficiência. Direitos. Movimentos Sociais e Cidadania.

Palestrantes: Bruno Sena Martins, investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES/UC); graduado em Antropologia; doutor em Sociologia.

Anahi Guedes de Melo, mestre e doutora em Antropologia Social pela UFSC; bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela mesma universidade.

Mediador: Juliano Machado dos Santos, servidor do TRT-RS, membro do Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade.

23/09 (Quinta-feira): Trabalho e Legislação

16h às 18h – Canal da EJud4 no Youtube

Em tempos marcados pelo aumento das desigualdades e redução de direitos, passadas três décadas da Lei de Cotas (8213/91), duas da Lei de Acessibilidade (10.098/2000) e seis anos do Estatuto da Pessoa com Deficiência (13.146/2015), qual o impacto da aprovação destas e de outras leis na realidade das PCDs no Brasil?

Palestrantes: Ricardo Tadeu Marques da Fonseca, Juiz do TRT-PR;

Vicente Fiorentini, economista, vice-presidente do Comitê Estadual da Pessoa com Deficiência (Coepede), presidente da Associação dos Familiares e Amigos do Down (Afad);

Fernanda Vicari dos Santos, Assistente Social, integrante e fundadora do Coletivo Helen Keller, presidente da Associação Gaúcha de Distrofia Muscular (Agadim);

Carlos Ferrari, mestre em Administração e pós-graduado em Marketing e Comunicação Persuasiva, diretor de Comunicação do Comitê Brasileiro de Organizações Representativas das Pessoas com Deficiência (CRPD), diretor de articulação e relações institucionais da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB).

Mediadora: Alessandra Pereira de Andrade, servidora do TRT-RS, membro do Comitê Gestor de Equidade, Gênero, Raça e Diversidade.

24/09 (Sexta-feira): Carta de 2019 à Administração do Tribunal

Debate em grupo – 16h às 18h – Zoom

Análise do andamento dado às demandas dos servidores e das servidoras com deficiência no último encontro, em 2019, revendo as demandas e propondo novas ações.

Debatedores: Elton Decker, servidor do TRT-RS; Juliano Machado dos Santos, servidor do TRT-RS e membro do Comitê Gestor de Equidade, Gênero, Raça e Diversidade.

28/09 (Terça-feira): Instrumento Brasileiro de Avaliação da Deficiência e Aposentadoria

16h às 18h – Canal da EJud4 no Youtube

Torna-se um desafio a superação da distância entre o Código IX da Seguridade Social, que regulamenta a reabilitação, participação e inclusão social dos PCDs e vem sendo adotado pelo INSS desde 2001, e os conceitos de deficiência propostos na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) proposta pela OMS. Tais assimetrias provocam inconformidade e frustração aos que buscam o direito de se aposentar.

Palestrantes: Thiago Helton, advogado especialista em Direito das Pessoas com Deficiência. Pós-graduado em Direito Constitucional e Advocacia Previdenciária.

Ana Rita de Paula, graduada em Psicologia, mestre em Psicologia Social e doutora em Psicologia Clínica.

Mediador: Elton Decker, servidor do TRT-RS.

30/09 (Quinta-feira): Debate sobre Legislação

15h às 16h – Canal da EJud4 no Youtube

Dialogar e melhor compreender a situação atual dos direitos das pessoas com deficiências no Congresso.

Debatedora: Rejane Dias, deputada federal.

Acessibilidade Atitudinal

16h30 às 18h30 – Canal da EJud4 no Youtube

Acessibilidade atitudinal. Conceito, Barreiras Atitudinais e como eliminá-las. Acessibilidade atitudinal no ambiente de trabalho; Acessibilidade Atitudinal na prática. O que cada um pode fazer para mudar de atitude em relação à Acessibilidade. Processo eletrônico e o acesso à Justiça.

Debatedoras/Palestrantes: Déborah Prates, advogada, escritora e palestrante;

Josiane França, ativista sócio-política, coordenadora executiva de Comunucação do Movimento Brasileiro de Mulheres Cegas e com Baixa Visão, coordenadora executiva de Comunicação do Movimento Nacional das Pessoas com Deficiência.

Mediadora: Gladis Marques, servidora do TRT-RS.

Local:

Na Ejud4 On-Line serão disponibilizados os links para o canal da Ejud4 no YouTube e para a plataforma Zoom*. Os interessados poderão acessar materiais complementares no mesmo ambiente.

Horários:

- Dias 21, 23, 24 e 28/09, das 16h às 18h;

- Dia 30/09: das 15h às 16h e das 16h30min às 18h30min.

Certificação:

Serão conferidas 11 horas-aula a quem cumprir os requisitos de frequência e avaliação.

Magistrados, servidores e estagiários do TRT-RS:

Devem acessar a atividade (ao vivo), no ambiente do curso, na Ejud4 On-Line. As avaliações disponíveis devem ser preenchidas em até 10 dias após o evento. A frequência mínima exigida é de 75% para servidores e estagiários e integral para magistrados. Será registrada automaticamente a presença quando o acesso for pelo link da transmissão na Ejud4 On-Line. O registro não será processado caso o acesso seja diretamente pela sala do Zoom.

Atenção: após o evento, não será mais enviado e-mail para preenchimento das avaliações. O preenchimento deve ser espontâneo.

Magistrados e servidores de outros TRTs:

A Ejud4 enviará a relação de participantes que tenham preenchido o formulário de frequência às respectivas Escolas Judiciais. A certificação ficará a critério de cada Tribunal.

Público externo:

Não haverá certificação.

* Plataforma Zoom: para as atividades dos dias 24 e 28/09, será necessária a versão mais recente do aplicativo Zoom. Há informações neste link. Em caso de dificuldades para a instalação, o público do TRT-RS pode contatar a Setic, via sistema Assyst. O acesso à Ejud4 On-Line e aos encontros pelo Zoom devem ser feitos pelo navegador da internet aberta. Isso porque pelo ETR (Estação de Trabalho Remoto) ou Gabinete Virtual pode haver bloqueio do acesso.   

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom/TRT4
Tags que marcam a notícia:
equidade
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista