imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe
29/07/2021 16:53

Opção sexual, homossexualismo, afeminado, mudança de sexo: por que é inadequado utilizar essas e outras expressões?

Início do corpo da notícia.

5seconds - bandeira - SITE 2.jpgNa reta final do Mês da Diversidade no TRT-RS, o Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade e a Secretaria de Comunicação Social reproduzem este material com expressões inadequadas e adequadas sobre o mundo LGBTQIAP+. 

O texto foi elaborado pela Divisão de Comunicação Social do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (CE), que o publicou no Instagram (@trtceara) no último dia 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+. Está sendo reproduzido com a devida autorização.

Sapatão

Por que não usar: o termo estereotipa a mulher homossexual como masculinizada.

Embora no meio LGBTQIA + possa ser utilizado de maneira amigável, em ambientes formais é considerado pejorativo.

Como chamar: Lésbica.

Opção sexual

Por que não usar: o termo “opção” dá a ideia que é possível escolher, o que na verdade não ocorre com inclinações afetivas e sexuais.

Como chamar: Orientação sexual.

Homossexualismo

Por que não usar: o sufixo -ismo é utilizado para caracterizar doenças, mas a Organização Mundial de Saúde retirou o termo do rol de distúrbios mentais desde 1990, por não considerar esse aspecto da diversidade humana como uma anomalia.

Como chamar: Homossexualidade.

Afeminado

Por que não usar: o termo estereotipa o homem homossexual com trejeitos femininos, o que ofende também as mulheres, já que a expressão é comumente utilizada para menosprezar essas características.

Como chamar: Homem gay.

Traveco

Por que não usar: o sufixo -eco é utilizado para diminuir o valor da palavra, de maneira depreciativa e pejorativa.

Como chamar: Travesti.

O travesti

Por que não usar: o artigo “o” é masculino. Embora originalmente a expressão tenha surgido como substantivo masculino, as pessoas travestis se identificam com o gênero feminino. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa já aceita o termo como substantivo comum de dois gêneros.

Como chamar: A travesti

Mudança de sexo

Por que não usar: a expressão “mudança” passa a ideia de uma alternância ocasional, além de “sexo” restringir ao aspecto do genital biológico, quando na verdade o que ocorre refere-se ao gênero. A transexualidade acontece por meio de um processo de transição pelo qual a pessoa expõe para o mundo a forma como se sentiu por muito tempo internamente, e não necessariamente é preciso realizar cirurgias para caracterizá-la.

Como chamar: Transição ou Readequação de gênero.

Hermafrodita

Por que não usar: o termo é carregado de preconceito, além de estar em desuso até na Medicina. A interssexualidade, o I da sigla LGBTQIA +, é a expressão usada atualmente para caracterizar uma variedade de condições biológicas ( cromossomos, gônadas, hormônios, órgãos externos ou internos) em que uma pessoa nasce com anatomia reprodutiva ou sexual que não corresponde às definições padrões de mulheres ou homens.

Como chamar: Intersexual.

Assexuado

Por que não usar: a expressão vem da Biologia para caracterizar seres unicelulares que se reproduzem por bipartição. Como manifestação da diversidade humana, pessoas que não sentem atração sexual por outras pessoas, ou sentem muito pouco, preferem ter esse aspecto caracterizado como um tipo de orientação sexual.

Como chamar: Assexual. 

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom/TRT4 com informações da Divisão de Comunicação Social do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (CE)
Tags que marcam a notícia:
equidade
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista