imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe
04/11/2019 16:37

Sete magistrados tomam posse como juízes do Trabalho substitutos no TRT-RS

Início da galeria de imagens.
Foto posada dos sete juízes
Giovane Brzostek, Carolina Quadrado Ilha, Bruna Gusso Baggio, Beatriz Fedrizzi Bernardon, Amanda Stefânia Fisch, Aline Rebello Duarte Schuck e Giovane da Silva Gonçalves
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) empossou, nessa sexta-feira (25/10), sete juízes do Trabalho substitutos: Bruna Gusso Baggio, Giovane Brzostek, Carolina Quadrado Ilha, Beatriz Fedrizzi Bernardon, Aline Rebello Duarte Schuck, Giovane da Silva Gonçalves e Amanda Stefânia Fisch. Todos ingressam no quadro de magistrados da Justiça do Trabalho gaúcha via processo de remoção, oriundos do TRTs da 2ª (SP) e da 23ª (MT) regiões. A cerimônia de posse ocorreu no Plenário Milton Varela Dutra e contou com a presença de magistrados, servidores, amigos e familiares dos empossados. 

Acesse as fotos da cerimônia.

O juiz Giovane Brzostek discursou em nome dos sete empossados. O magistrado relembrou a trajetória profissional dos novos juízes da 4ª Região e o esforço de todos para retornar ao Rio Grande do Sul. “Nós todos temos uma íntima ligação com este Tribunal. Em nossa carreira, seja como servidores ou advogados, sempre consideramos a Justiça do Trabalho gaúcha a nossa casa”, comentou. Giovane também observou que a experiência prévia dos empossados, quando atuaram como juízes em outros Regionais, ensinou-lhes que o cumprimento da missão da magistratura exige cada vez mais para atender aos anseios da sociedade. “Claro que devemos nos empenhar em cumprir a Constituição Federal, mas somente a técnica não é suficiente. Precisamos de trabalho, disciplina, comprometimento e, talvez a característica mais importante, bom senso”. O empossado concluiu o discurso avaliando as recentes transformações ocorridas no Direito do Trabalho brasileiro. “Vemos tudo isso como uma oportunidade de demonstrar para a sociedade que a Justiça do Trabalho é, sim, imparcial, técnica, equilibrada e fundamental para a manutenção sadia de um Estado de Direito verdadeiramente democrático em um país tão desigual como o nosso”, declarou.

A presidente do TRT-RS, desembargadora Vania Cunha Mattos, parabenizou os empossados e observou que eles têm um grande desafio pela frente. “Nessa época complexa que atravessamos, acredito que vocês irão corresponder às expectativas que todos almejamos: a realização de uma prestação jurisdicional célere, eficiente e eficaz”, declarou. A presidente também avaliou as mudanças que ocorreram no universo laboral, especialmente nas últimas duas décadas, com o avanço da robótica e da informática, e também o impacto do uso das novas tecnologias pela própria Justiça do Trabalho, com o advento do Processo Judicial Eletrônico (PJe). “A Justiça do Trabalho se reinventa a cada dia, e nos últimos tempos houve a intensificação da cultura da conciliação em todos os níveis”, afirmou. A desembargadora comentou, ainda, os ataques sofridos pela Justiça do Trabalho e o papel fundamental que ela vem desempenhando há 70 anos para a resolução dos conflitos entre capital e trabalho. “A partir de hoje, todos vocês passam a fazer parte da história da 4ª Região, construída por juízes e servidores. Desejo sucesso e os melhores votos de realizações nessa nova etapa”, concluiu. 

Acesse na íntegra o discurso da presidente do TRT-RS, desembargadora Vania Cunha Mattos.

Conheça a trajetória dos novos juízes substitutos da Justiça do Trabalho gaúcha: 

Bruna Gusso Baggio é natural de Porto Alegre/RS. É graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, e em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ingressou na magistratura em janeiro de 2014, no TRT-23. Atuou na 8ª VT de Cuiabá e na 1ª VT de Tangará da Serra.

Giovane Brzostek nasceu em Erechim/RS e é formado em Direito pela Universidade de Passo Fundo. Ingressou como servidor no TRT-RS em julho de 2001. Tomou posse como juiz do Trabalho substituto no TRT-2 em fevereiro de 2014. Atuou na circunscrição da capital paulista e foi coordenador do Cejusc do Fórum da Zona Leste de São Paulo e do Cejusc de Guarulhos.

Carolina Quadrado Ilha é natural de Esteio/RS e formada em Direito pelo Centro Universitário Ritter dos Reis. Ingressou no TRT-RS como servidora em junho de 2005. Tomou posse como juíza do Trabalho substituta do TRT-2 em janeiro de 2015. 

Beatriz Fedrizzi Bernardon nasceu em Porto Alegre e graduou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tomou posse como servidora do TRT-RS em outubro de 2007. Em janeiro de 2015 tomou posse no TRT-2. Esteve lotada em diversas VTs da 2º Região e foi juíza auxiliar fixa da 67ª VT da capital paulista a partir de junho de 2017. 

Aline Rebello Duarte Schuck é natural de Guaíba/RS e se formou em Direito pela Universidade Luterana do Brasil. Ingressou no TRT-RS como servidora em outubro de 2005. Tomou posse como juíza do Trabalho em janeiro de 2015 no TRT-2. Iniciou suas atividades nas VTs do ABC Paulista e depois foi transferida para as VTs da Capital, no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa. 

Giovane da Silva Gonçalves nasceu em Sapucaia do Sul/RS e formou-se em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tomou posse como servidor do TRT-RS em julho de 2009. Ingressou na magistratura do Trabalho em janeiro de 2015, no TRT-2. Atuou na 17ª e 11ª Varas do Trabalho da Zona Sul, na 7ª Vara do Trabalho da Zona Leste e na 86ª Vara do Trabalho do Fórum Ruy Barbosa de São Paulo.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Texto de Guilherme Villa Verde - Secom/TRT-RS
Tags que marcam a notícia:
institucional
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista