Ir para conteúdo Ir para menu principal Ir para busca no portal
Logotipo TRT4

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região

Rio Grande do Sul

Informações ao Cidadão
15/03/2019 16:58 compartilhe:

Exposição “Mulheres Caídas” entra em cartaz no Foro Trabalhista de Porto Alegre

Início da galeria de imagens.
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Inauguração da exposição “Mulheres Caídas”
Fim da galeria de imagens.
Início do corpo da notícia.

A exposição “Mulheres Caídas” foi inaugurada nesta segunda-feira (11/3) no Espaço Lenir Heinen, no Foro Trabalhista de Porto Alegre (Avenida Praia de Belas, nº 1.432). A mostra reúne 22 imagens de uma história em quadrinhos produzida pela ilustradora Aline Daka. A exposição faz parte do calendário de eventos da Justiça do Trabalho gaúcha em homenagem ao Mês da Mulher. As obras serão exibidas no local até o final de março. 

As imagens da exposição fazem parte da dissertação de mestrado apresentada por Aline Daka na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2018. O tema do trabalho são as mulheres artistas e criadoras marginais, com a problematização de questões de memória, identidade e autoria. “As mulheres caídas são mulheres rebeldes, marginalizadas da arte. São mulheres provocadoras, justamente aqueles que transformam os valores e a posição da mulher no meio social, político e artístico”, explicou Aline na abertura da exposição. A obra completa, composta por 100 imagens, será lançada em livro neste ano, com o mesmo título da mostra. “Procurei fazer com que cada página criasse essa pulsão de ideias, poemas e formas da mulher se expressar. Essas mulheres acabam tendo pouca visibilidade, porque vivemos em uma sociedade patriarcal, que obscurece a produção feminina”, acrescentou Aline. A dissertação de mestrado de Aline Daka, que contém as 100 páginas da história em quadrinhos, também pode ser acessada na íntegra no site da biblioteca da UFRGS, com o título “Mulheres Caídas: Cacografias na Educação”. 

Na solenidade de abertura da exposição, o presidente da Comissão de Cultura do TRT-RS, desembargador João Paulo Lucena, ressaltou a satisfação da Justiça do Trabalho gaúcha em receber a obra de Aline Daka, especialmente no mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher. O magistrado destacou o importante papel das mulheres na sociedade, e lamentou os problemas que ainda estão presentes na realidade brasileira. “Em um estudo feito pela Organização para a Cooperação de Desenvolvimento Econômico, que analisou 36 nações em 2018, o Brasil ocupou o desconcertante quinto lugar em violência contra a mulher”, comentou o desembargador.

A diretora do Foro Trabalhista de Porto Alegre, juíza Anita Job Lübbe, também elogiou o trabalho da artista e a temática abordada. “A obra artística nos traz um olhar belo, mas esse olhar não é necessariamente sobre um tema fácil. Também pode ser sobre coisas difíceis, que ainda precisam ser trabalhadas socialmente”, refletiu. A magistrada também acrescentou que a mostra terá uma boa visibilidade no Foro Trabalhista, por onde circulam de 5 a 6 mil pessoas diariamente. 

A Artista

Aline Daka atua como artista visual, ilustradora, quadrinista e educadora. É bacharel em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UFRGS, com complemento de estudos realizados na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, em Portugal. É ilustradora e curadora da Revista Literária em Tradução e tem seu trabalho publicado em revistas de arte e literatura, além de livros com ilustrações e quadrinhos a partir de poesias. Mais informações sobre a artista podem ser obtidas na sua página no Instagram

Fim do corpo da notícia.
Fonte: texto de Guilherme Villa Verde, fotos de Inácio do Canto (Secom/TRT-RS)
Tags que marcam a notícia:
exposição
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias