Imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

19/09/2022 15:43

Após mediação do TRT-4, 230 trabalhadores do setor da construção em Taquari receberão suas verbas rescisórias

Início do corpo da notícia.

Foto de uma pessoa segurando uma Carteira de Trabalho.Mais de R$ 2,8 milhões em verbas rescisórias serão pagos a trabalhadores da indústria da construção e mobiliário de Taquari (RS), após mediação realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. 

Os trabalhadores eram empregados da empresa Stahl Engenharia, contratada pela Adama Brasil para a construção de tubulações na sua unidade de Taquari.

Eles foram despedidos após a rescisão do contrato de prestação de serviços existente entre as empresas. O pagamento dos trabalhadores foi possível após negociação entre as partes, tendo sido efetuado o depósito judicial do montante pela tomadora dos serviços, a partir de valores retidos do contrato.      

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do 2º Grau (Cejusc 2º Grau) concluiu, na sexta-feira (16), a expedição dos alvarás para os 230 trabalhadores beneficiados. O procedimento foi conduzido pelo vice-presidente do TRT-4, desembargador Ricardo Martins Costa, e pelo juiz auxiliar da Vice-Presidência, Rodrigo Trindade.

A negociação entre o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção e Mobiliário de Taquari e as empresas Adama Brasil e Stahl Engenharia iniciou em agosto. Foram realizadas, ao todo, quatro sessões de mediação entre as partes. O Ministério Público do Trabalho (MPT-RS) foi representado pelos procuradores regionais Marcelo Goulart e Adriane Arnt Herbst. 

Os advogados da Stahl Engenharia, Guilherme e Larissa Pinho, declararam que a atuação da Vice-Presidência do TRT-4 foi fundamental para a aproximação das partes e o pagamento das verbas rescisórias para os 230 trabalhadores.  O procurador do sindicato, Paulo Sérgio Alves de Souza, também elogiou a experiência e a competência do Tribunal na mediação, assim como o importante papel do MPT-RS. O advogado ainda destacou o empenho da servidora Márcia Pereira da Silva de Barcellos, assessora de mediações da Vice-Presidência, “pessoa humana que não mediu esforços para agilizar o trabalho e fazer os contatos necessários”.

Acesse aqui a ata de audiência realizada no último dia 22 de agosto.

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Sâmia Garcia e Gabriel Borges Fortes (Secom/TRT4). Foto: rafapress (DepositPhotos)
Tags que marcam a notícia:
jurídicamediação
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mão branca segurando três formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho Criança desenhando arcos verde e amarelos em fundo cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem Texto branco sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto também laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execução TRABALHISTA Mão branca com polegar riste sobre círculo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliação Trabalhista