imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

03/12/2021 11:42

Turmas do Projeto Pescar de 2021 recebem seus diplomas de formatura em solenidade no TRT-RS

Início do corpo da notícia.

2021.12.01 - Pescar 810p.jpgAs duas turmas da Unidade Jurídico-Trabalhista do Projeto Pescar em 2021 formaram-se na noite da última quarta-feira (1/12). Em solenidade realizada no Plenário Milton Varela Dutra, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), os estudantes das turmas do Tribunal e da Escola Superior de Advocacia receberam seus certificados de conclusão do curso de Iniciação em Serviços Administrativos. Ao todo, foram 30 alunos. Na ocasião, estiveram presentes, além dos estudantes, os voluntários que participaram do Projeto, autoridades representantes das instituições promotoras, familiares e apoiadores da iniciativa. A formatura foi transmitida pelo canal do TRT-RS no Youtube. O vídeo pode ser assistido neste link.

Acesse o álbum de fotos do evento.

Após a entrega dos diplomas aos estudantes, ao dar início às manifestações dos presentes, a presidente do TRT-RS, desembargadora Carmen Izabel Centena Gonzalez, destacou que a formatura foi um sonho realizado por muitas mãos, já que não seria possível sem o esforço conjunto das entidades promotoras (TRT-RS, Ministério Público do Trabalho E OAB-RS). "A realização do curso com ênfase no PJe visa formar cidadãos com visão humanística e ética, para muito além da qualificação recebida", avaliou. "A formação das duas turmas hoje simboliza o fim de um ciclo e o início da busca pela realização profissional. Tenham confiança em si mesmos, foco, persistência, não desistam diante de um não. Tenham empatia, simpatia e coragem, que com isso se consegue muita coisa", afirmou a magistrada, ao se dirigir aos formandos.

Como representante da OAB-RS na solenidade, a corregedora adjunta da instituição, advogada Regina Pereira Soares, parabenizou os formandos pela escolha de trilhar o caminho do estudo e do trabalho, uma opção que garante a dignidade e a cidadania. “A educação cidadã transforma o mundo. A Constituição Federal estabelece o trabalho, a dignidade da pessoa humana e a livre iniciativa como fundamentos da nossa República. E não poderia ser diferente. Porque quando não há trabalho, não há dignidade, não há sustento, não há evolução de um povo enquanto sociedade. Vocês iniciaram a sua trajetória nesse universo de trabalho, de livre iniciativa, com dignidade, com orientação, apoio, e com o estudo necessário para uma caminhada que transformará não só as suas existências, mas também as de suas famílias e de suas comunidades”.

Em sua fala, a representante do Ministério Público do Trabalho (MPT), procuradora Marlise Souza Fontoura, ressaltou que a aprendizagem é o meio correto de inserção de jovens no mercado de trabalho. "A aprendizagem não precisa ser modificada. Ela precisa ser implementada cada vez mais. Precisamos aumentar cada vez mais o número de jovens que recebem essa oportunidade", enfatizou.

O tesoureiro da Caixa de Assistência dos Advogados, Gustavo Juchem, também parabenizou os formandos. “Vocês concluíram esse curso em um momento particularmente desafiador, em meio a uma pandemia, e isso trouxe dificuldades adicionais também a nós. Mas isso mostra o quanto vocês têm garra, determinação, condições, e são vencedores. Hoje se encerra uma pequena etapa, mas tenho certeza que é o início de uma caminhada de muita alegria, na qual, agora que vocês aprenderam a pescar, ainda farão muitas pescarias e com ótimos resultados", declarou.

Bastante emocionada e entusiasmada, a paraninfa das duas turmas de formandos, servidora Anita Cristina de Jesus, falou diretamente ao coração dos alunos: “Cultivem o amor pela vida. Através dos afetos, podemos revolucionar a vida. É difícil estar nesse mundo, mas temos uma saída. Se o desamor é a bola da vez, a gente precisa de mais amor. A começar pelo amor por quem a gente é, o amor-próprio. Quando acolhemos a nossa história, também somos capazes de demonstrar o amor para com os outros. E é no coletivo que encontraremos as respostas, nas microrrevoluções que a gente pode fazer. A gente não vai acordar um dia e o mundo vai mudar. As mudanças acontecem assim, num lugar como o de hoje”, refletiu.

Também se pronunciaram na solenidade a representante da Fundação Projeto Pescar, Rosângela Benetti Almeida,  os educadores sociais das turmas, André Guilherme Cintra de Oliveira (TRR4) e Valéria Neutzling (ESA). Como oradores de cada turma, falaram os estudantes Bruno Gonçalves e Lívia Lima (ESA), e Daniel Lopes Pereira e Kattarine Berner (TRT4).

Ao final da cerimônia, os jovens, juntamente com os professores voluntários Angie Miron e Mario Medici, servidores do TRT-RS, e o educador André Cintra, fizeram uma apresentação musical. Eles cantaram a canção Tempo Perdido, da banda Legião Urbana. Neste momento, também entregaram rosas aos seus familiares.

Confira a lista dos alunos formados:

TURMA ESA

Alessandra Segobia

Bruno Gonçalves

Chrystopher Ferreira

Jamilly Gonçalves

Kauê Souza

João Otávio Custódio

João Pedro Maciel

Laryssa Souza

Lívia Lima

Marili Rocha

Nuria da Rosa

Paola Boeira

Pedro Lima

Pedro Melo

Yasmin Reis

TURMA TRT4

Ágatha Rogério

Alex Oliveira

Amanda Antunes

Andriele Vitória Vargas

Bárbara Gomes

Bárbara Vieira

Daniel Lopes Pereira

Dáfiny Machado Melo

Eduarda Freitas de Oliveira

Fernanda Almeida

Gabrieli Fabiana Ramos

Jorge Alexandre

Kattarine Berner

Maria Eloisa Cavalheiro da Silva

Vitória Vargas

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom TRT-RS.
Tags que marcam a notícia:
aconteceprojeto pescar
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista