imagem com o número 100 junto ao símbolo do sistema PJe

19/10/2020 17:02

Documentário do TRT-RS conquista um segundo e um terceiro lugar no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 2020

Início do corpo da notícia.

O documentário “Quem Somos Nós”, produzido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), conquistou o segundo lugar na categoria Vídeo Institucional/Documentário do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 2020. O projeto também foi o terceiro mais votado no Grande Prêmio, votação popular na qual concorrem os 37 trabalhos finalistas de todas as 13 categorias da edição. Os resultados foram anunciados na última sexta-feira (16).

A categoria Vídeo Institucional/Documentário teve 24 projetos inscritos. O vencedor foi o documentário “Lei Caó (7.716/89) / 30 anos de existência e resistência - A lei que criminalizou o racismo”, da Procuradoria-Geral do Estado da Bahia. O primeiro lugar do Grande Prêmio ficou com a fotografia “Direitos iguais aos diferentes brasis”, do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.

O documentário “Quem Somos Nós” aborda a inclusão de servidores com deficiência no ambiente de trabalho. Ele foi lançado em 11 de outubro de 2019, Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física, durante a programação do Encontro Anual de Gestores do TRT-RS. Seu objetivo foi convidar os mais de 300 gestores presentes no Plenário do Tribunal a refletirem sobre o seu papel na inclusão dos servidores com deficiência. Logo após, o documentário foi disponibilizado no Youtube e nos demais canais de comunicação do TRT-RS, com o intuito de seguir promovendo a conscientização sobre o tema.  O vídeo traz os depoimentos de oito servidores do TRT-RS, lotados em Caxias do Sul, Erechim e Porto Alegre. 

O filme foi produzido pela Secretaria de Comunicação Social do TRT-RS, em parceria com a Escola Judicial, organizadora do Encontro de Gestores. A produção também teve o apoio do Comitê de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade e do Comitê Gestor Local de Atenção Integral à Saúde, Acessibilidade e Inclusão.

Ficha técnica

Poema: Marcio Antonio Hornos Steffens (4ª VT de Porto Alegre)

Declamação: Márcia Pessanha Walter (1ª Seção de Dissídios Individuais)

Entrevistados:

Alberto da Silva Medeiros Kruchinski (2ª VT de Erechim)

Celia Rosane Dias Azambuja (Seção de Vantagens)

Denise Ferreira (Seção de Telefonia, hoje aposentada)

Eodilva Brezolin (2ª VT de Erechim)

Itacir Jose Miozzo (2ª VT de Erechim)

Juliana Peracini da Costa (Seção de Apoio Jurídico e Análise de Sanções)

Luciano D’Avila (hoje na 10ª VT de Porto Alegre)

Paulo Roberto Cardoso de Siqueira (6ª VT de Caxias do Sul)

Entrevistadores:

Lara Gobhardt Martins (Escola Judicial)

Cristiane Estela Santos Martins (então no Cerimonial)

Elton Luiz Decker (então integrante do Comitê de Equidade)

Érico Tlaija Ramos (Secretaria de Comunicação Social)

Produção e Roteiro: Lara Gobhardt Martins (Escola Judicial) e Érico Tlaija Ramos (Secretaria de Comunicação Social) 

Edição e imagens: Érico Tlaija Ramos (Secretaria de Comunicação Social)

Legendas: Tainá Flores da Silva (estagiária da Secretaria de Comunicação Social)

Sobre o Prêmio

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é concedido anualmente pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), entidade que congrega os profissionais de comunicação de todas as instituições do sistema de Justiça brasileiro: Tribunais, Ministérios Públicos, Procuradorias, Defensorias Públicas, Conselhos, OABs, dentre outras. A edição 2020 teve 198 trabalhos inscritos, de 43 instituições.

Assista abaixo ao documentário “Quem Somos Nós”!

Fim do corpo da notícia.
Fonte: Secom/TRT4
Tags que marcam a notícia:
horizonteequidade
Fim da listagem de tags.

Últimas Notícias

Mao branca segurando tres formas humanas ao lado esquerdo do texto: Trabalho Seguro Programa nacional de Prevencao de Acidentes de Trabalho Crianca desenhando arcos verde e amarelos em funco cinza ao lado esquerdo do texto: Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estimulo à Aprendizagem. Texto brando sobre fundo cinza: PJe Processo Judicial Eletronico 3 arcos laranjas convergindo para ponto tambem laranja em canto inferior direito de quadrado branco, seguidos pelo texto: execucao TRABALHISTA mao branca com polegar riste sobre circulo azul ao lado esquerdo do texto: Conciliacao Trabalhista