TRT 4  Tribunal Regional do Trabalho Quarta
        Região
A+   A-  |  Início |  Fale Conosco |  Mapa do Site
Notícias
10/08/2017 16:26 | Campanha sobre a importância da Justiça do Trabalho é exibida nas TVs dos ônibus de Porto Alegre
Imagem

Uma campanha de conscientização sobre o papel da Justiça do Trabalho está circulando nas linhas de transporte coletivo da capital gaúcha. A ação é composta por dez peças informativas, veiculadas nas TVs disponíveis em diversos ônibus do transporte urbano da Capital e em catamarãs que fazem a travessia entre Porto Alegre e Guaíba. A iniciativa tem o objetivo de esclarecer a sociedade sobre os serviços prestados pela Justiça do Trabalho e sua importância para o País.

As peças começaram a ser exibidas no dia 17 de julho e seguem até a próxima quarta-feira (16/8). Ao longo deste período, ocorreram 648 mil inserções em linhas ônibus de Porto Alegre, pelas quais circulam 150 mil pessoas por dia, em média. No mesmo intervalo, ocorreram 9.720 inserções nas TVs dos catamarãs, pelos quais passam cerca de 2.300 pessoas diariamente.

As mensagens reforçam o viés conciliador, acessível e social da Instituição, com estatísticas que revelam o equilíbrio de suas decisões e sua capacidade de facilitar o diálogo entre trabalhadores e patrões. Além de assegurar direitos trabalhistas, a Justiça do Trabalho atua em conjunto com o Ministério Público do Trabalho para intermediar negociações entre empresas e grandes categorias profissionais, garantindo o funcionamento do mercado e de serviços essenciais à população. Também é fundamental sua atuação ao lado do MPT e do Ministério do Trabalho no combate a violações de direitos humanos, como o trabalho escravo e o trabalho infantil. 

A peças serão exibidas até a próxima quarta-feira. Elas integram o conjunto de ações da campanha nacional idealizada pelo Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), iniciada em março deste ano, que busca mostrar que os direitos de empregados e empregadores só estão garantidos com uma Justiça do Trabalho forte e atuante. 

Imagem

Fonte: Guilherme Villa Verde (Secom/TRT-RS)


Anterior Próxima

Retornar