Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região  Memorial da Justiça do Trabalho no Rio Grande do Sul
A+   A-  |  Home TRT |  Fale Conosco
Apresentação

    O Memorial da Justiça do Trabalho no RS foi criado pela Resolução Administrativa nº 22, de 2003. Seu funcionamento foi regulamentado pela Resolução Administrativa nº 05, de 2006, do TRT da 4ª Região. É constituído por uma Comissão Coordenadora, um Coordenador e uma equipe de servidores. Tem como principais objetivos preservar, organizar e disponibilizar ao público a documentação da Justiça do Trabalho na 4ª Região, patrimônio de toda sociedade; a realização de pesquisas sobre a história da Justiça e do Direito do Trabalho no Brasil em suas articulações com o mundo do trabalho; e o desenvolvimento de atividades voltadas à divulgação desse acervo e dessas pesquisas: cursos de capacitação, eventos científicos, exposições, publicações, entre outras.

     

    • VÍDEO INSTITUCIONAL

     

     

    • SALA DE EXPOSIÇÕES DO MEMORIAL

     

    VISITAÇÃO: DIÁRIA, das 11h às 18h

    Inaugurado em 5 de outubro, o espaço  é destinado à apresentação de mostras culturais que resgatam a história da Justiça Trabalhista gaúcha.

    A exposição de inauguração apresenta objetos e documentos doados ao Memorial por magistrados, advogados e artistas, caso dos desembargadores Emílio Papaléo Zin, dos desembargadores aposentados Carlos Renan Kurtz e Gilberto Libório Barros, do advogado Ramiro Nodari Goulart e do artista plástico Danúbio Gonçalves.

    Além da exposição dos objetos e documentos, compõem o espaço alguns cenários elaborados com móveis e objetos antigos, como um Gabinete de Presidente do TRT4 e uma representação livre de sala de audiências.

    Também destaca-se na Sala de Exposições um quadro pintado a óleo do presidente Getúlio Vargas, presente dado ao Tribunal pelo Sindicato dos Empregados de Porto Alegre, por ocasião da instalação da primeira sede da Justiça do Trabalho no Rio Grande do Sul, em 1941. 

    Para fotos da inauguração da Sala, clique aqui.

    Imagem

     

     

    • BANDEIRA DO TRIBUNAL DO REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

     

    Imagem

     

     

    • HINO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

     

    O Hino da Justiça do Trabalho, criado em homenagem aos magistrados trabalhistas brasileiros, foi composto (letra e música) em 12 de outubro de 1998 por Vicente José Malheiros da Fonseca, desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 8ª Região.

    O Hino, em sua grandeza cultural, reflete harmonicamente os ideais da Justiça do Trabalho e a importância dessa para o Poder Judiciário Brasileiro e para a sociedade. A primeira execução da obra aconteceu em 04 de dezembro de 1998, ocasião em que o próprio autor tomava posse como Presidente do TRT da 8ª Região.

    Em 9 de março de 2000, por meio da Resolução nº 45, o TRT da 8ª Região oficializou o hino. Em 29 de fevereiro de 2012, o Plenário do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), por meio da  Resolução nº 91, aprovou unanimemente o hino instituindo-o para toda a Justiça do Trabalho.

    Acompanhe a letra do hino:

     

    HINO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

    (Hino em homenagem aos magistrados trabalhistas brasileiros)

    Letra e música de Vicente José Malheiros da Fonseca

    (Belém-PA, 12 de outubro de 1998)


    I

    SEMPRE EM BUSCA DE UM GRANDE IDEAL

    NO CAMINHO DO JUSTO E DA LEI

    SEJA A META ATINGIR, AFINAL,

    TUDO AQUILO QUE UM DIA SONHEI!

    SALVE, Ó DEUSA DA NOSSA ESPERANÇA,

    O CONFLITO NÓS VAMOS COMPOR

    QUEM CONFIA EM TI NÃO SE CANSA,

    VÊ NA PAZ TODA A CHAMA DO AMOR.

    A CHAMA DO AMOR.


    II

    CANTEMOS EM HOMENAGEM

    MANTENDO A NOSSA IMAGEM

    NA VOZ DESTA CANÇÃO

    EM FORMA DE ORAÇÃO.

    JUSTIÇA DA EQUIDADE

    É A TUA IDENTIDADE

    LOUVEMOS NOSSA JUSTIÇA

    A JUSTIÇA DO TRABALHO.


    III

    PELA PAZ SOCIAL

    ESTA É A NOSSA MISSÃO:

    DAR AO POVO O QUE É SEU

    POR CONQUISTA SE DEU

    NA CONCILIAÇÃO,

    NA SENTENÇA FINAL.

    (SEMPRE EM BUSCA...)

     

    Faça aqui o download do Hino da Justiça do Trabalho executado pela Orquestra e Coro Jovem "Maestro Wilson Fonseca", de Santarém (PA). A regência é do Maestro José Agostinho da Fonseca Neto e o registro consta no CD "Sinfonia Amazônica (vol. 1)".

    Para mais informações a respeito do Hino e para as partituras, acesse http://www.tst.jus.br/hino-da-justica-do-trabalho.

    (Fonte: Tribunal Superior do Trabalho)

     






 
Av Praia de Belas, 1432 Prédio III Porto Alegre, RS  CEP 90110-904 Fone:(51)32552683 - 32552684 e-mail: escola@trt4.jus.br