Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região  Memorial da Justiça do Trabalho no Rio Grande do Sul
A+   A-  |  Home TRT |  Fale Conosco
Acervos Privados

    Os acervos privados são documentos de pessoas ou entidades que são doados ao Memorial e vêm integrar e complementar a documentação institucional, passando, então, a denominar-se "fundos".

    O acolhimento das doações é feito mediante prévia avaliação dos documentos pelos servidores do Memorial (conforme Termo de Depósito Temporário para Doação).

    Se você tem documentos que considera relevantes para a preservação da memória do Direito e da Justiça do Trabalho no RS e gostaria de doá-los ao Memorial, entre em contato conosco.

    Abaixo, segue breve descrição dos fundos privados que passaram a integrar o Acervo do Memorial.


    • Fundo Carlos Alberto Barata Silva: Constituído de livros encadernados com todas as suas sentenças proferidas nas Juntas de Conciliação e Julgamento de São Jerônimo e São Leopoldo, no período de 1946 a 1957, bem como Atualizações Legislativas do mesmo período.


    Imagem

    Acervo Privado do Ministro Carlos Alberto Barata Silva conservado no Memorial


    • Fundo Danúbio Gonçalves: Composto por 4 cadernos de desenhos que retratam o cotidiano dos mineiros de Butiá/RS. Para amostra dos cadernos, clique na imagem abaixo.


    À esquerda, capa de um dos cadernos de desenho. À direita, duas mostras das ilustrações contidas nos cadernos de Danúbio Gonçalves.


    • Fundo João Batista Marçal: Composto por capas de jornais de tendência comunista em formato digital.


    Imagem

    Montagem com as capas dos jornais


    • Fundo Biblioteca Pública Pelotense: Composto por imagens antigas da vida e da cultura pelotenses.


    Imagem

    Detalhes de alguns dos documentos constantes do Acervo


    • Fundo Milton Dutra: Composto pela Biblioteca do Desembargador Milton Carlos Varela Dutra, a qual foi doada ao Memorial após seu falecimento, ocorrido em 2012.


    Imagem

    Coleções inteiras de obras que versam sobre Direito do Trabalho foram doadas ao Memorial.


    • Fundo Magda Barros Biavaschi: Composto por arquivos pessoais, decisões judiciais, artigos de autoria da magistrada, discursos, entre outros.


     

    Imagem

    O material constante do Acervo Magda Barros Biavaschi ainda está pendente de triagem, avaliação e organização.


    • Fundo João Antônio Guilhembernard Pereira Leite: Composto por livros de sentenças de 1966 a julho de 1971; materiais referentes ao V Congresso Iberoamericano del Derecho del Trabajo de la Seguridad Social; atas de inspeções ordinárias ocorridas de 1981 a 1982; trabalhos de conclusão de curso apresentados por alunos da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos e acórdãos de 1974 a 1990.


    Imagem

    Detalhe dos livros de acórdãos que compõem o Acervo


    Além desses, por ocasião de eventos e exposições promovidas pelo Memorial, foram cedidos temporariamente os seguintes acervos:

    • Acervo Bernadete Laú Kurts e Reginald Felker: Composto por documentos e fotos cedidos ao Memorial como subsídio para a exposição "Advocacia Trabalhista Gaúcha: Origem e Trajetória", da Série Registros, inaugurada em 6 de abril de 2015. 
    • Acervo Ferroviários: Composto por documentos e fotos cedidos ao Memorial para subsídio da exposição e do documentário "Nos Trilhos da Memória", no ano de 2009.
Fonte: Memorial da Justiça do Trabalho
 
Av Praia de Belas, 1432 Prédio III Porto Alegre, RS  CEP 90110-904 Fone:(51)32552683 - 32552684 e-mail: escola@trt4.jus.br